Pensamento Político

Site do Laboratório de Pensamento Político – PEPOL/Unicamp

Sobre

Em 2006, na Universidade Estadual de Campinas, o Grupo de Pesquisa Marxismo e Pensamento Político iniciou suas atividades. Seus primeiros estudos foram dedicados à obra de Antonio Gramsci, e disto resultaram seminários de leitura, conferências e mesas-redondas sobre o desenvolvimento de uma teoria marxista da política. Rapidamente os membros do grupo inclinaram-se em direção a uma abordagem histórica das ideias políticas, na qual o historicismo gramsciano foi não apenas um objeto de pesquisa, mas também um método de investigação.

Desde 2009, o grupo acompanha os debates metodológicos dessa área de investigação, organizando seminários e trazendo professores convidados, nacionais e internacionais. As atividades realizadas por nosso grupo estimularam um número considerável de pesquisas de iniciação científica, mestrado e doutorado que se dedicaram a estudos sobre o pensamento político italiano e o pensamento político latino-americano. Em seguida, novas pesquisas ampliaram os objetos abordados pelo grupo, com investigações sobre o pensamento político dos trotskistas no Brasil e na América Latina e, mais recentemente, sobre o pensamento político conservador e sobre a historiografia do pensamento político no Brasil.

A expansão temática do horizonte de investigação levou o grupo a rever sua identidade e sua proposta de atuação e de pesquisa. O marxismo e as ideias de Gramsci continuam como objeto de investigação e ponto de partida de nossa reflexão metodológica para o estudo de temas e problemas diversos do pensamento político moderno e contemporâneo. Por esta razão, passamos a nos apresentar, desde 2017, como o Laboratório de Pensamento Político – PEPOL.

O PEPOL é coordenado pelos professores Alvaro Bianchi (Unicamp), André Kaysel (Unicamp) e Rodrigo Duarte Fernandes dos Passos (UNESP). É composto, ainda, pelos seguintes pesquisadores e pesquisadoras: Daniela Mussi (USP), Sabrina Areco (Unicamp), Erika Amusquivar (UnB), Sydnei Melo (Unicamp), Camila Góes (Unicamp), Renato Fernandes (Unicamp), Isabella Meucci (Unicamp), Lígia Carrasco (Unicamp), Elayne Morais (Unicamp) e Leandro Rodrigues (Unicamp).