Pensamento Político

Site do Laboratório de Pensamento Político – PEPOL/Unicamp

Deus, a Bíblia e os evangélicos na Constituinte (1987-1988)

A nova edição da Revista Caminhando (v. 23, n. 2, 2018) publica o artigo de Sydnei Melo, pesquisador do PEPOL.

MELO, Sydnei. Deus, a Bíblia e os evangélicos na Constituinte (1987-1988). Caminhando, São Bernardo do Campo, v. 23, n. 2, p. 81-105, dez. 2018.

Resumo: a Assembleia Constituinte de 1987-1988 contou com uma participação, nunca antes vista, de um grande contingente de deputados de confissão cristã evangélica (protestantes e pentecostais), que foram reconhecidos enquanto uma “grande novidade” política para a época. O propósito deste artigo é evidenciar seu protagonismo em dois dos debates em que se envolveram: a defesa da presença regimental de um exemplar da Bíblia na Mesa da Assembleia Constituinte, e do registro da expressão “sob a proteção de Deus” no preâmbulo da Constituição. Argumentamos que, nas duas discussões, os parlamentares evangélicos sustentam suas posições como que amparadas em uma fé cristã majoritária no país, ao mesmo tempo em que faz de seus posicionamentos um registro de demanda política dos próprios evangélicos, afirmando sua colocação em uma disputa maior no interior do campo religioso.

Disponível em: <https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/Caminhando/article/view/8948>.

Comments are currently closed.