Pensamento Político

Site do Laboratório de Pensamento Político – PEPOL/Unicamp

O Brasil dos gramscianos

Está disponível para acesso, on-line, artigo do Prof. Alvaro Bianchi:

BIANCHI, Alvaro. O Brasil dos gramscianos. Crítica Marxista, n. 43, p. 117-132.

Resumo: Este artigo discute as raras referências ao Brasil que podem ser encontrados nos Quaderni del carcere de Antonio Gramsci, comparando-as com as descobertas da historiografia recente e as interpretações desenvolvidas por investigadores brasileiros com base na obra de Gramsci. Essas interpretações são divididas em três períodos: a) 1960-1980, quando o conceito de revolução passiva começa a ser utilizado, embora de maneira pouco aprofundada, para explicar a gênese das formas sociais e política em um país que nunca testemunhou uma revolução burguesa e no qual existia uma ditadura militar; b) 1980-2000, um período marcado pela publicação dos primeiros estudos dedicados ao pensamento de Gramsci, ao mesmo tempo em que seus conceitos eram aplicados de modo mais rigoroso; c) 2000 até hoje, um período no qual, partindo desses conceitos, analistas têm debatido a natureza do governo do Partido dos Trabalhadores (PT). O artigo encerra sugerindo novas linhas de pesquisa sobre a revolução passiva e a história dos intelectuais.

Disponível em:

<https://www.researchgate.net/publication/318432090_BIANCHI_Alvaro_O_Brasil_dos_gramscianos_Critica_Marxista_n_43_p_117-132>

Comments are currently closed.