Pensamento Político

Site do Laboratório de Pensamento Político – PEPOL/Unicamp

Os impasses do populismo no marxismo latino-americano

A edição n. 27 da revista Outubro publica artigo de André Kaysel:

KAYSEL, André. Os impasses do populismo no marxismo latino-americano. São Paulo, Outubro, n. 27, nov. 2016, p. 105-132.

Resumo: este artigo procura discutir os principais impasses teórico-metodológicos em torno do debate sobre o “populismo” em algumas obras do marxismo latino-americano. Para tanto, discutirei o problema da relação entre as categorias de “classe” e “povo”, confrontando duas abordagens alternativas: uma que denominarei como “histórico-estrutural”, ou ainda como “teoria do populismo”, e outra, calcada na análise do discurso. Por fim, concluirei defendendo que o populismo deve ser pensado, menos como um conceito ou chave explicativa, do que como um problema que revela as dificuldades dos marxistas de lidar com as formas concretas de expressão dos subalternos na vida política do subcontinente.

Disponível em <http://outubrorevista.com.br/os-impasses-do-populismo-no-marxismo-latino-americano/>

Comments are currently closed.